Texto muito interessante de Augusto de Franco. Eu, embora muitos pensem o contrário, sou a favor da escola.

http://humana.social/como-voce-organizaria-uma-escola/

Não essa escola pela qual eu passei e você, provavelmente, também. Mas uma escola onde a educação é pensada no ser como um todo, com cabeça, coração e mãos. E por isso gostei do texto, porque a organização que ele coloca é muito parecida com a minha.

Passei bons anos de minha vida como professora trabalhando com alunos em projetos de iniciação científica, e era visível a diferença no aprendizado dos jovens que faziam parte e dos que apenas passavam pelas aulas de laboratório, obrigatórias na grade curricular. Não apenas porque aprenderam a olhar para o fazer científico com outros olhos, muito mais críticos e conscientes do seu poder e também de suas limitações, mas também porque nesse processo desenvolveram inúmeras outras habilidades e competências que não são possíveis de serem trabalhadas quando os alunos apenas sentam na sala de aula para ouvir o professor falar. Isso, sem falar na motivação e na qualidade de dedicação quando eles se encontram engajados em projetos alinhados com suas paixões.

Anúncios