E ele me acompanha como se eu estivesse indo embora…
Aquele abraço apertado, longo, demorado, aquele abraço que dura o bastante pra que nossas respirações se tornem uma só…
O abraço!
E assim abraçados ele olha pro céu e encontra uma janela nas nuvens.
Na janela estou eu, esvoaçante, dançando, dançando, dançando…
E ele chega nuvem dançante para dançar comigo e juntos ficamos a dançar até o vento nos levar, nos desmanchar…
Olhamos nos olhos um do outro, olhar sorriso, sorriso que vira beijo, beijo doce, suave, beijo sonho, beijo de quem por um instante compartilha o amor…
E o sonho dança delícia assim acabou!